quarta-feira, 22 de agosto de 2012

A Dona Carochinha...

Você conhece a Dona Carochinha?

No dicionário:
Carocha: 1-besouro; 2-escaravelho; 3-barata
Carochinha: diminutivo de carocha, baratinha. * Em Portugal a carochinha ou baratinha é personagem de histórias infantis. Foi assim que chegou até nós: histórias da carochinha, conto da carochinha.

Carochinha é portanto uma palavra de origem portuguesa que significa baratinha.


ESTA É A CAROCHINHA DA FAIXA ETÁRIA 5:

Ela percorre as casas junto com um diário com espaço para registro dos relatos das famílias, desenhos das crianças e fotos dos momentos vividos com cada um.





Existe a  tradicional história infantil da Dona Baratinha que todos nós conhecemos:

 "...Quem casar com Dona Baratinha, que tem fita no cabelo e dinheiro na caixinha?!?"
 Esta mesma história é contada em Portugal como a História ou Conto da Carochinha.


.


Monteiro Lobato, em Reinações de Narizinho, retrata Dona Carochinha como sendo um velha baratinha de mantilha, sempre enfezada e mal humorada com os personagens de suas histórias, pois estes andam fugindo de seus livros. É uma Dona Carochinha autoritária, mas divertida!





Zezé Macedo viveu este personagem na televisão assim como a atriz Marilu Bueno.





Um Pouco de história...

Figueiredo Pimentel, Quaresma encomendou uma série de livros para crianças, tornando-se, assim, o precursor da nossa literatura infantil. Este tipo de livro vinha todo de Portugal, mas, Luiz Edmundo comenta:

Até certo ponto, para nós ella [a literatura infantil] representava um contrasenso, uma vez que as differenciações entre o idioma falado nas duas patrias eram já notáveis, na época e, de tal forma que, por vezes, phrases inteiras ficavam indecifráveis para as nossas creanças: "E o petiz que andava ás cavalitas do avô vendo o marçano que trazia o cabaz pleno de molhos de feijões verdes, sae-se-lhe com esta: a mamã que t'o conte!"... Isso, era bom muito bom portuguez; mas não era nada brasileiro, tanto que as nossas creanças não entendiam, como a maioria dos textos desses mesmos livros.

Dos livros publicados, vão, a seguir, alguns dos títulos:
Histórias da Carochinha, Histórias do Arco da Velha, Histórias da avózinha, Histórias da baratinha, Os meus brinquedos, Theatro Infantil, O Álbum das creanças, entre outras.
Como afirma Brito Broca, este Histórias da Carochinha, acabou fazendo com que o termo fosse incorporado ao nosso folclore, representando a imagem de "uma velha bondosa e afável a distrair os pequenos, com suas narrativas feéricas".

FONTES:

 http://escritoriodolivro.com.br/oficios/quaresma.html

http://ludicalivros.blogspot.com.br/2009/09/historias-da-carochinha.html




Assim todas os tradicionais contos infantis eram chamados de Contos da Carochinha.

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário